PROJETO CULTURAL ABERTURA

  EM PROL DA ÉTICA PARA UM MUNDO MELHOR
BEM-VINDO(A) E OBRIGADO PELA VISITA !
 
 
 
 
DINHEIRO - QUANTO VALE ?
 

Matéria vital à sobrevivência humana! Razão das razões sem razão! Um bem em troca de outro pelo mesmo! ... Mas, até quanto vale?Andam os homens atrás dele, sem medir esforços. Compram, compram-se, vendem, vendem-se, até ao fundo da alma. Que tanto tem ele – vício inebriante, para muitos – que parece tudo ser, tudo ter?Quanto mais não seja, não raro, substitui a falta de tudo, de todos, de ser...Como tanto pode, e ao mesmo tempo contem em si mesmo a maior das destruições: dos homens, das vidas, da paz, do mundo...Só uma coisa se iguala a ele – o poder; sempre de braço dado a este! Um não vive sem o outro – ambos se compram mutuamente! Dupla esta geradora de grandes catástrofes: guerras, ódios, invejas, injustas desigualdades, contendas sem fim, domínio absurdo, perda de liberdade, escravidão passivamente ou não aceita.Ainda assim coisas há que não têm preço nem dinheiro ou poder podem comprar!A paz - aquela que não tem preço; a liberdade – aquela que não está à venda; a alegria de viver – aquela que poucos têm; o amor - ah, esse nem se vende! Mas até quando se tem muito – dinheiro e poder – pouco se tem! A esmagadora ânsia de mais se ter ainda, avassaladora que é, pede mais e mais...Resta o tédio e a sensação terrível de não se ter aquilo que se julga poder ter. Tem-se nada, portanto, afinal!



Fernando Figueirinhas.


 
 
 
 
© Copyright
Projeto Cultural Abertura
All rights reserved