PROJETO CULTURAL ABERTURA

  EM PROL DA ÉTICA PARA UM MUNDO MELHOR
BEM-VINDO(A) E OBRIGADO PELA VISITA !
 
 
 
 
PEDRAS QUE FALAM
 

Por estas pedras já passaram juízes, padres, meretrizes, namorados, escravos, artistas, famintos, senhores importantes e toda a sorte de políticos. Enfim, a saga da humanidade!
Tanta gente que se foi, e agora seus passos jazem nas pedras dispersas das ruas e calçadas, e pela História perdida no tempo. Passos, pensamentos e sentimentos secretos, que hoje pétricos, aguardam silenciosamente o despertar do sono perpétuo!... Pedras geometricamente dispostas, ou aleatoriamente dispersas, esquecidas ou não, suportam a continuidade dos tempos. Alguém se lembrou de levá-las para casa, para ver o que tinham! E como tanto tinham para falar! Agora, arrumadas e enaltecidas, assumem, externamente, novas formas - pórticos, sacadas e esculturas que esculpem rostos desconhecidos de um passado longínquo, marcando sua presença com um sereno sorriso; dando conforto aos que ali vivem e a todos que por ali passam. Consoante o dia, servem de cenário a cultos à Virgem Maria, a Deus e aos santos, e também, a empolgadas conversas banhadas a vinho, a declamações poéticas, a demagogia política e discursos vazios. E, até quando nada mais há, servem de reflexão sobre a vida! Em meio a tanta magia, acontece o lúdico encontro histórico entre o mundo dos mortos e dos vivos, onde as palavras e pensamentos dos vivos desafiam a morte consolidada nas pedras inertes; por pouco tempo! Amanhã, mais pedras se juntam às que ouvimos; novas histórias aguardam pacientemente o barulho dos passos por vir. E o que sobra de tudo isto? Apenas um amor infinito; de tudo o que foi daquilo que é, de tudo o que será! E se Deus não houver? Então, nada mais resta, somente as pedras mortas, sem vida e aquelas que logo serão, que no silêncio para sempre permanecem! Apenas pedras.
Nada mais somos que não tivéssemos sido! Permanece o Amor infinito daquele que prevalece...


Fernando Figueirinhas


 
 
 
 
© Copyright
Projeto Cultural Abertura
All rights reserved